0 itens

Casacos e Jaquetas. Frio de manhã. Calor na hora do almoço. Chuva à tarde. Frio à noite. Quem nunca encarou um dia assim, com todas as estações do ano em menos de 24 horas? A mistura de altas e baixas temperaturas em um curto intervalo de tempo se torna cada vez mais comum. A solução fashion para se dar bem tanto nesse clima no mínimo indeciso quanto nos dias e noites realmente gelados atende por: jaquetas e casacos femininos. Em uma variedade enorme de cores, modelos, shapes e tecidos, eles são a terceira peça perfeita para as mais diferentes combinações. É tarefa difícil encontrar quem já não teve pelo menos uma jaqueta jeans feminina no armário. Clássica, ela é match certeiro para o visual de fim de semana (ou para quem trabalha com um look mais casual). Como tirá-la do lugar comum? Aposte nos modelos com estampas nas costas para uma produção rocker e no com mangas e capuz em moletom para entrar no mood street. O frio pega pesado por aí? Adicione gola e forro de pelos ao clássico shape 1980´s e combine com moletom. Já a jaqueta bomber surgiu na década de 1920, como uniforme dos pilotos de avião, e caiu nas graças como ícone de estilo desde a década de 1980. Com detalhes em elástico na barra e nos punhos, ela passeia por diferentes estilos. Das clássicas para arrematar o combo calça e camiseta às bordadas e estampadas - o xadrez e o militar são dois prints sempre em alta -, ela arremata o look e você nem precisa pensar duas vezes. O universo militar também é o ponto de partida para a criação das jaquetas de couro que amamos usar hoje em dia - em versões atanadas e sem origem animal, claro. Uniforme dos aviadores no início do século XX, esta jaqueta foi adaptada por Irwing Schott para os motociclistas a usarem. No guarda-roupas feminino, contudo, o modelo chegou apenas na década de 1980, com a cantora Madonna. De lá pra cá, a jaqueta de couro preta antes rebelde se tornou clássica e ganha novas adaptações a cada temporada. Aqui apostamos nossas fichas nos modelos que vão além do preto - o vinho, o verde e o caramelo são a cara do outono brasileiro e fáceis de combinar com estampas. O nome pode até parecer complicado, mas o trench coat é daquelas peças que combina, literalmente, com tudo que você já tem no armário. Seu nome (que significa "casaco das trincheiras", em tradução livre) pode nos levar a crer que ele foi usado por solados nas trincheiras da 1ª Guerra Mundial. Na verdade, o modelo era usado apenas pelos oficiais e um símbolo de poder. Porém, foi só depois da 2ª Guerra Mundial, que este casaco feminino alongado ganhou status de item utilitário urbano. Hoje, o trench tem sido revisitado e surge em diferentes comprimentos e combinações de cores. Nas nossas coleções, aparecem tantos os modelos clássicos quanto os com detalhes que fazem a diferença, como aviamentos e estampas.